Logo 2020.png
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Instagram Icon
 
Bahia
Bot%2525C3%252583%2525C2%2525A3o_Voltar_

Bahia



A vastidão territorial e a imensa diversidade de cenários, tradições culturais e atrativos permitiram que a Bahia fosse dividida em zonas turísticas, cada uma delas recebendo a denominação característica de sua principal identidade física e temática. Essa multiplicidade de atrativos propicia ao visitante e também ao investidor uma variada gama de opções, favorecendo o aumento da permanência média e da taxa de retorno dos visitantes.​



Baía de Todos os Santos



Principal portão de entrada para o turista que visita a Bahia, essa zona turística envolve a capital do Estado (Salvador), além dos municípios de Cachoeira, Itaparica, Jaguaripe, Madre de Deus, Maragojipe, Nazaré, Salinas de Margarida, SantoAmaro, São Félix, São Francisco do Conde, Saubara e Vera Cruz.



Rica em tradições e festas populares, a Baía de Todos os Santos é um verdadeiro caldeirão cultural que combina, de maneira singular, elementos europeus, indígenas e afro-brasileiros. Gastronomia, música, teatro e vasto patrimônio histórico são algumas das atrações dessa zona turística, que abriga também belezas naturais como ilhas cobertas de vegetação nativa e manguezais preservados. A própria Baía, que lhe empresta o nome, destaca-se como elemento de integração e acesso, oferecendo excelentes condições de navegação e lazer.



A Baía de Todos os Santos é atendida pelo Aeroporto Internacional de Salvador habilitado para operar aeronaves de qualquer porte e por um aeroporto para monomotores, em Itaparica. Possui um porto marítimo para passageiros, em Salvador, e terminais para a ligação de ferry-boats entre Salvador e Itaparica. Conta também com serviços regulares de transportes aéreo, rodoviário e marítimo.



Costa dos Coqueiros



Formada por municípios localizados ao norte da capital baiana (Camaçari, Conde, Entre Rios, Esplanada, Jandaíra, Lauro de Freitas e Mata de São João), a Costa dos Coqueiros é uma das zonas turísticas mais procuradas do Estado, abrigando destinos conhecidos como Praia do Forte, Costa do Sauípe(maior conjunto de resorts da América do Sul), Imbassaí e Mangue Seco.



Atendida pelo Aeroporto Internacional de Salvador e pela via ecológica Linha Verde (paralela ao litoral), a Costa dos Coqueiros possui fácil acesso, sendo servida por diversas opções de vôos. Contando ainda com serviços de energia elétrica, água potável, saneamento e telecomunicações, essa região vem atraindo empreendimentos hoteleiros integrados a condomínios residenciais de alto padrão. Em suas pequenas vilas praianas encontram-se pousadas, restaurantes, lojas e outros serviços de apoio ao turismo.



Além dos vastos coqueirais que adornam seus quase 200 quilômetros de litoral, a Costa dos Coqueiros é rica em paisagens deslumbrantes, emolduradas por rios, lagoas, pequenas cachoeiras e manguezais, formando um rico e diversificado ecossistema.



Costa do Dendê



Localizada ao sul de Salvador, emárea contígua à Baía de Todos os Santos, a Costa do Dendê é composta pelos municípios de Cairu, Camamu, Igrapiúna, Ituberá, Maraú, Nilo Peçanha, Taperoá e Valença. Como o próprio nome sugere, é aqui que se concentra a cultura do dendê, palmeira que dá origem a um dos ingredientes básicos da apreciada culinária baiana—o azeite de dendê.

Devido à sua formação geográfica (litoral recortado), a Costa do Dendê apresenta condições ideais para a prática de uma variedade de atividades náuticas direcionadas ao lazer e ao esporte. Repleta de praias desertas, arquipélagos, relíquias do patrimônio histórico e pequenos povoados, a região preserva paisagens naturais intocadas, além de significativas
manifestações folclóricas e produção artesanal. Entre os cenários naturais, destacam-se mais de 100 km de praias, três grandes ilhas e a Baía de Camamu.

O Aeroporto de Valença permite a operação de aeronaves tipo Boeing 737, existindo, ainda, uma pista de pouso para monomotores em Morro de São Paulo e outra na Península de Maraú. Outras modalidades de transporte como o rodoviário e o marítimo são também oferecidos com regularidade na região, que conta, em diversas localidades, com serviços de energia elétrica, água potável, saneamento e telecomunicações.



Costa do Cacau



Compreendendo os municípios de Canavieiras, Ilhéus, Itacaré, Santa Luzia, Una e Uruçuca, essa região tornou-se mundialmente famosa por intermédio das histórias de amor e aventura contadas por Jorge Amado.



Produtora do fruto que dá origem ao chocolate, a Costa do Cacau, que por longo período se destacou pela riqueza e prosperidade, ainda hoje abriga considerável patrimônio arquitetônico dos tempos áureos da lavoura cacaueira. O modelo de exploração do cacau— que utilizava a vegetação nativa para fornecer sombra aos cacauais — contribuiu também para a preservação de significativos remanescentes de Mata Atlântica, hoje inseridos em Unidades de Conservação Ambiental.



Além de 200 km de praias de areias claras e águas mornas, o cenário da região é complementado por rios, lagoas, cachoeiras e cavernas. Preserva, também, tradições populares diferenciadas.



Os aeroportos de Ilhéus e Comandatuba (particular) têm capacidade para receber aeronaves do tipo Boeing 737 e o de Canavieiras permite a operação de aviões de pequeno porte. A região conta ainda com o Porto Marítimo de Ilhéus e com rodovias pavimentadas que atendem a diversas localidades vizinhas. São oferecidos serviços regulares de transporte aéreo e rodoviário, energia elétrica, água potável, saneamento e telecomunicações.



Costa do Descobrimento



Considerada berço da história e da civilização brasileiras, a Costa do Descobrimento—formada pelos municípios de Belmonte, Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália—oferece um conjunto inigualável de atrativos históricos e naturais.



Segundo maior destino turístico do Estado, possui a mais extensa rede hoteleira da Bahia. A região abriga preservado conjunto histórico-arquitetônico que remonta aos primórdios da História do Brasil, além de ecossistemas e paisagens deslumbrantes, entre as quais se destacam praias, falésias, manguezais, rios e remanescentes de Mata Atlântica. Nessa região, encontram-se três parques nacionais – o do Descobrimento, o do Monte Pascoal e o do Pau Brasil -, além de áreas de proteção ambiental e reservas indígenas. O artesanato indígena e tradições como o reisado, os bailes pastoris, a puxada do mastro e os mandus são elementos preservados da rica e diversificada cultura local.



A Costa do Descobrimento possui um aeroporto internacional, localizado em Porto Seguro, além de rodovias pavimentadas que ligam as principais localidades da região e permitem a oferta regular de serviços de transporte aéreo e rodoviário. É abastecida de energia elétrica, água potável, saneamento e telecomunicações em diversas localidades.



Costa das Baleias



Composta pelos municípios de Alcobaça, Caravelas, Mucuri, Nova Viçosa e Prado, a Costa das Baleias tem como principal atração turística o fenômeno anual de migração das baleias jubarte para o litoral do extremo sul do Estado, que pode ser observado no Parque Nacional Marinho de Abrolhos.



A esse belo espetáculo, aliam-se a extensa e diversa geografia submarina da região, ideal para a prática do mergulho e de outros esportes náuticos, além de outras Unidades de Conservação terrestres e de tradições folclóricas de influência portuguesa. A região conta ainda com outros atrativos, como o Parque Nacional do Descobrimento, a região da Barra do Cahy—local onde a esquadra de Cabral fez o seu primeiro desembarque para abastecimento de água—e o Museu Ecológico Franz Krajcberg, um espaço cultural que se localiza em Nova Viçosa.



A Costa das Baleias dispõe de infra-estrutura básica que inclui aeroportos em Caravelas e Teixeira de Freitas (para aeronaves de pequeno porte), rodovias, serviços de energia elétrica, abastecimento de água e telecomunicações, além de empresas que atendem ao turismo náutico e ao ecoturismo.



Chapada Diamantina



Dividida em quatro circuitos — Chapada Norte, Circuito do Ouro, Circuito do Diamante e Chapada Velha—a Chapada Diamantina é uma das mais extensas zonas turísticas da Bahia. Localizados na região central da Bahia, os municípios compreendidos nesses circuitos têm a sua história relacionada a momentos importantes da vida nacional, como a exploração do garimpo nos séculos XVII, XVIII e XIX.



O cenário dessa região, mundialmente famosa por sua rica biodiversidade, é formado por paisagens de relevo montanhoso, quedas livres, lagos subterrâneos, além de um grande número de nascentes, corredeiras, canyons e cavernas que a tornam um excelente local para a prática do turismo de aventura e do turismo ecológico. Sua principal atração é o Parque Nacional da Chapada Diamantina.



Largo do São Francisco



Caracterizada pela influência do Rio São Francisco, essa zona turística é formada pelos municípios de Abaré, Casa Nova, Curaçá, Glória, Juazeiro, Paulo Afonso, Remanso, Rodelas, Santa Brígida e Sobradinho, tendo como principais atrativos as atividades ligadas à pesca e aos esportes náuticos em geral.



Entre os seus principais atrativos merecem destaque os monumentos naturais, represas e usinas hidroelétricas e a cultura sertaneja; já o pólo de fruticultura irrigada e a vinicultura vêm atraindo o agro-enoturismo. A esses atrativos somam-se características fisiográficas que permitem a prática de diferentes modalidades de esportes radicais (rapel, canyoning, tirolesa, bungie-jump e base-jump, asa-delta, escaladas e rallies, entre outros), os quais vêm gerando um fluxo turístico significativo para a região.


A infra-estrutura básica dos Lagos do São Francisco inclui os aeroportos de Paulo Afonso e de Petrolina, rodovias e serviços de energia elétrica, saneamento e telecomunicações.



Caminhos do Oeste



Localizada na margem esquerda do Rio São Francisco, essa região é composta pelos municípios de Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Correntina, Santana, Santa Maria da Vitória, São Félix do Coribe e São Desidério. Considerada atrativa por suas paisagens exóticas, essa zona turística vem apresentando expressivo crescimento econômico, impulsionado por avanços sensíveis em seu segmento agroindustrial, notadamente a produção de grãos.



É considerada também uma das mais ricas em recursos hídricos do Nordeste do Brasil, com destaque para os rios Branco, Corrente, de Ondas e Grande. A essas características, soma-se um potencial turístico que se revela na presença de serras, cachoeiras, cavernas, rios com corredeiras e praias fluviais, favorecendo o desenvolvimento do segmento de natureza em suas diferentes modalidades.



Conta aeroportos Barreiras e Bom Jesus da Lapa, uma extensa malha rodoviária ligando as principais localidades da região, além de serviços de energia elétrica, saneamento e telecomunicações.



Fonte: http://http://www.setur.ba.gov.br/

Salvador

 

Salvador é uma das mais belas e visitadas cidades do Brasil. Reúne inúmeras atrações para todos os gostos: praias e belezas naturais, locais históricos, que remetem ao inicío da colonização brasileira, muita música, gastronomia típica, religiosidade, capoeira, além de possuir o maior carnaval do mundo.

 

Impossível pensar em Salvador e não lembrar imediatamente de locais como Elevador Lacerda, Farol da Barra, Mercado Modelo, Pelourinho e Igreja do Senhor do Bonfim.



Não é a toa que Salvador é conhecida como a capital da alegria, pois é muito hospitaleira com todos que a visitam, acolhendo os visitantes do mundo inteiro com muitos sorrisos e oferencendo os melhores e mais surpreendentes roteiros.

 

A mistura de raças, credos e cores formou uma cultura singular em Salvador, que está presente em todas as partes da cidade, durante o ano todo, podendo ser apreciada em sua mais diversas manifestações, como a capoeira, o candonblé, a percussão, as danças e o carnaval.



Salvador está entre as cidades mais ensolaradas do mundo, sendo o clima ideal para os seus 50 quilômetros de praias, distribuídas entre a cidade alta e a cidade baixa, banhadas pelas águnas do oceano Atlêntico e da Baia de Todos os Santos.

 

Fonte: www.salvadorbahia.org

 
Empresas parceiras que colaboraram para a realização do destino: Bahia

Carnaval de Salvador

Trios Elétricos

Camarotes